Páginas

Translate

domingo, 18 de dezembro de 2011

UMA EXPLOSÃO PARA 2012


UMA EXPLOSÃO PARA 2012
                                                         Ninfa Parreiras

Uma explosão das coisas velhas
Que virem pó e pedra
Que vivam como minério de ferro
Nas montanhas de Itaúna

Uma explosão das coisas novas
Em partículas mínimas
Como pequenas estrelas
A iluminar novos caminhos

Uma explosão das paixões
Da escrita silenciada
Da voz embaçada
Da cegueira abafada

Uma explosão de surpresas
De páginas novas abertas
De páginas viradas
Em versos em prosa

Uma explosão de sonhos
Pipocados em nuvens
Uma explosão dos nossos vulcões
Do mundo de dentro

Uma explosão de amores!

Foto: arquivo pessoal, cratera do Vulcão Poás, Costa Rica, 2011

domingo, 20 de novembro de 2011

Com amizade

Com amizade

                                             ninfa parreiras

cada perda reserva 
uma surpresa
mais adiante

o amor nos assalta
nos cala
nos cega

a amizade
chega na horinha
da fome do frio


pra Rachel Facó, os versos e as flores

foto: arquivo pessoal, gerberas em porto alegre, primavera, 2011



segunda-feira, 14 de novembro de 2011

A Felicidade em Três Planos

A Felicidade em Três Planos


a felicidade existe
naquilo que ainda 
vai acontecer 

a felicidade abre a porta
pela metade
a outra será descoberta

a felicidade: os olhos
o concreto, a água
o céu ao léu 


para o jurandi, que entende de três versos

foto: arquivo pessoal, fundação iberê camargo, porto alegre, primavera, 2011


sábado, 12 de novembro de 2011

Nascer de novo

nascer de novo


                                                         ninfa parreiras


quero sua pele
para cobrir minha nudez

quero seu braço
para me dar o abraço

quero seus dedos
nas teclas do meu corpo

quero sua boca
a cantar na minha superfície

quero seus olhos
na leitura dos meus gestos


quero seu sopro
para eu nascer de novo

foto: arquivo pessoal, fundação iberê camargo, porto alegre, primavera, 2011

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

o amor abraça o oceano

o amor 
abraça 
o oceano

envolvidos
no lençol d'água
as ondas gemem

da dor
trapaça
ano a ano

revolvidos
de mágoa
os olhos tremem

sem cor
enlaça
o pano

de gemidos
enxágua
o engano

o amor
abraça
oce ano

ocê amo.


                         ninfa parreiras

(foto: arquivo pessoal, oceano atlântico no algarve, portugal, primavera, 2010)

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Livros Ninfa Parreiras Editora Positivo, 2011

Em breve! Lançamentos 2011:

Lá no alto, texto Ninfa Parreiras, ilustrações Luiz Maia, 
editora Positivo, 2011

O mergulho no espelho, texto Ninfa Parreiras, 
ilustrações Marcelo Ribeiro, editora Positivo, 2011

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Crônicas do Rio


TRATA-SE DE FICÇÃO NA PAIXÃO DE LER
Coordenação: Ninfa Parreiras e Solange Jouvin
sexta-feira | Dia 04 de novembro | 1 encontro | das 14h às 16h
Local: Sociedade de Psicanálise Iracy Doyle - SPID
Rua Visconde de Pirajá, 156, 307
Ipanema
O seminário Trata-se de Ficção vai fazer parte da Campanha Paixão de Ler da Secretaria Municipal de Cultura do Rio
Tema: Crônicas do Rio

Serão lidas crônicas que retratam o Rio de Janeiro, de autores da literatura brasileira e de participantes do seminário: Luiz Augusto Gollo, Maria do Carmo Bonfim, Roberto Saturnino Braga, Solange Jouvin e outros.
Participe você também!


foto: arquivo pessoal, praia de Ipanema, 2007

domingo, 18 de setembro de 2011

Provisória



A partida da palavra



                                                          ninfa parreiras


Provisória é a palavra que abre o dia
Provisório é o dia que se prepara para a noite
Provisória é a noite que aguarda a lua
Provisória é a lua que se enfeita para o mar
Provisório é o mar que lambe a areia
Provisória é a areia que se banha de ondas
Provisórias são as ondas que alimentam os sonhos
Provisórios são os sonhos que nos enchem de amor
Provisório é o amor que nos enche de vida
Provisória é a vida.
A partida da palavra.

para Glória, Magali e Tadeu, com a fumaça do vulcão

foto: arquivo pessoal, cratera do Vulcão Poás, Costa Rica, 2011

sábado, 3 de setembro de 2011

Cuentos Infantiles Brasileños


Índice

Presentación: Literatura infantil brasileña: descubrimiento, encanto y acercamiento, Tadeu Valadares, Embajador de Brasil en Costa Rica

Prólogo: Unas palabras, Alfonso Chase-Brenes

Introducción: Cuentos infantiles brasileños: ¿qué literatura es esta? Glória Valladares Grangeiro y Ninfa Parreiras

Mensajes del Día Internacional del Libro Infantil - DILI
- El mundo en una red encantada, Ana Maria Machado
- El intercambio, Lygia Bojunga

Cuentos Infantiles Brasileños

Década de los 60
- La fiesta de los gorriones, Flávia Maria
- Cuando estaba, Meninos morenos, Ziraldo

Década de los 70
- Fuera del arca (Un bestiario), Ana Maria Machado
- Dulce, la abeja, Bartolomeu Campos de Queirós
- Bum bum mi buey, Gosto de África, Joel Rufino dos Santos
- Cabeza de cebolla, Luiz Raul Machado
- Un charco de sangre en un campo de nieve, 23 histórias de um viajante, Marina Colasanti

Década de los 80
- Las palomas gigantes rumanas, Memórias da ilha, Luciana Sandroni
- Si yo fuera un esqueleto, Esqueleto, tomate e pulga, Ricardo Azevedo
- Regalo de cumpleaños, Hoje é dia de festa!, Roger Mello
- Lugar para recibir visitas, Stella Maris Rezende

Década de los 90
- La risa del mar, André Neves
- Odemar, Anna Claudia Ramos
- Un niño cualquiera, Caio Riter
- Naranja lima, Eloí Elisabete Bocheco
- Unidos venceremos, Guto Lins
- El vaquero que nunca mentía, Ilan Brenman

Años 2000
- Milagro de San Gonzalo, Fábio Sombra
- Travesía, Helen Queiroz
- Esqueleto de papel, Luis Dill
- Encantos de la Amazonia: un encuentro en los ríos, Nair Gurgel y Neuza Tezzari
- En lo alto, Ninfa Parreiras
- La primera palabra, Tino Freitas
- Literatura indígena que no es ficción, Yaguarê Yamã

Para conocer a los autores
Bibliografía brasileña sobre literatura infantil y juvenil
Instituciones y sitios dedicados a la literatura infantil y a la promoción de la lectura
Sitios y blogs de los autores
Sobre las compiladoras de la colección



quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Cuentos Infantiles Brasileños


Cuentos Infantiles Brasileños


La presentación del libro se llevará a cabo en el Salón Dorado del Museo de Arte Costarricense, el miércoles 7 de setiembre a las 7 p.m.


Paralelamente a esa actividad se realizarán las siguientes:


- el lunes 5 de setiembre, en la "Fundación de Cultura, Difusión y Estudios Brasileños", sede de Santa Ana, entre 18h30 y 20h30 habrá un encuentro denominado "Falemos sobre literatura infantil brasileira", con la participación de las compiladoras del libro, Glória Valladares Grangeiro y Ninfa Parreiras. 



En esa ocasión, la actividad se desarrollará en português, ya que está dirigida a integrantes de la comunidad brasileña y a estudiantes de portugués. Sin embargo, también será evento abierto al público en general.


- el martes 6 de setiembre y el viernes 9 de setiembre, de 9 a.m. a 11 p.m., dos talleres en español para niños y niñas de escuela pública, en el Museo de Arte Costarricense.  Ambos con la participación de las compiladoras Glória Valladares Grangeiro y Ninfa Parreiras. En las dos actividades los niños y niñas recibirán, como regalo del Día del Niño (9 de setiembre), un ejemplar del libro.

Cabe destacar que ejemplares del libro se obsequiarán a todos los que asistan a la presentación en el Salón Dorado, día 7.  Además, se donarán ejemplares a todas las bibliotecas que conforman el "Sistema Nacional de Bibliotecas", y también al Hospital de Niños, a la Fundación Centro de Estudios Brasileños, a la Universidad de Costa Rica y a la Universidad Nacional, entre otras instituciones.


ilustraciones Marianela Solano

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Bienal do Livro 2011


Literatura Infantil Brasileira em San José, Costa Rica

ilustración de Marianela Solano para el cuento Cabeza de cebolla, de Luiz Raul Machado

La Embajada de Brasil
San José, Costa Rica
en el marco de su programa
“Brasil Presente”
tiene el agrado de invitarle
a la presentación del libro
“Cuentos infantiles brasileños”
Antología de literatura infantil y juvenil brasileña
compilada por
Glória Valladares Grangeiro
y
Ninfa Parreiras

Miércoles 7 de setiembre, 7 p.m.
Salón Dorado del Museo de Arte Costarricense



domingo, 28 de agosto de 2011

Literatura Infantil Brasileira em San José, Costa Rica

Dia 5 de setembro, em San José, Costa Rica

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

A QUARTA MARGEM DO RIO


A QUARTA MARGEM DO RIO
                                                                               Ninfa Parreiras

Onde está a outra margem?
A dos trilhos
A do escoamento da borracha

A margem vermelha
Rodeada de verde centenário
Perfurada de cravos enferrujados

Ficaram os dormentes
A dormir, a sorrir
A contar causos

Da mulher amarela
Do oceano distante
Do rio embarrado

Histórias de onças
De botos
Correntezas

A quarta margem
Mora dentro de cada um
A memória

Do rio madeira
De água tremenda
De igarapés labirínticos.

(Foto: arquivos do norte, inverno 2011, Porto Velho)

Pra Glória e pro Edson, do tamanho da generosidade deles

quinta-feira, 21 de julho de 2011

A Comunicação não-verbal na Clínica Psicanalítica


O MERCADO DE LIVROS INFANTIS


O livro infantil e juvenil ocupa uma posição de destaque no mercado editorial brasileiro. Além de ser comercializado em livrarias e pontos comerciais, é objeto de adoção por escolas e mercadoria de compra pelos governos municipais, estaduais e federal. É a produção de livros que mais cresce no Brasil, seguida dos livros didáticos.
O que caracteriza o livro para crianças? Há diferença entre literatura e livro infantil? Como um texto vira livro? Como é a comunicação entre editor, escritor, ilustrador, agente literário, divulgador, livreiro? Estas e outras questões serão trabalhadas nos seminários O Mercado dos Livros Infantis.
Para cada aula, teremos um diferente profissional da cadeia da criação, edição, divulgação, comercialização e mediação da literatura que vai falar e discutir sobre o livro nacional e estrangeiro destinado às crianças e aos jovens.

Programação

Agenda Estação das Letras06/08 – Confusões de língua na literatura infantil: livro x literatura - das 10h às 12h
Confusões existentes na área da literatura infantil serão discutidas: diferença entre livro e literatura; a produção para os bebês e crianças que ainda não leem; o final feliz e a esperança nas histórias; poesia x texto em versos; a diversidade cultural na literatura (África e produções de autores indígenas); o livro sem texto; temas difíceis na literatura para crianças (morte, perdas, solidão).
Ninfa Parreiras (especialista em literatura infantil)
Agenda Estação das Letras06/08 - A Criação: do rabisco ao livro – das 13h às 15h
Aqueles que criam o livro destinado às crianças darão sua contribuição sobre o texto, a ilustração e o projeto gráfico. Como o livro para a infância se debruça sobre essas três linguagens, diferentes profissionais registrarão sua experiência. O que representa cada uma das três linguagens?
- O Texto
Inspiração para escrever? Há o planejamento de um livro? Como se dá o processo de escrita, de criação, de acabamento do texto?
Luiz Raul Machado (escritor)
Agenda Estação das Letras13/08 - A Criação: do rabisco ao livro – das 10h às 12h
Aqueles que criam o livro destinado às crianças darão sua contribuição sobre o texto, a ilustração e o projeto gráfico. Como o livro para a infância se debruça sobre essas três linguagens, diferentes profissionais registrarão sua experiência. O que representa cada uma das três linguagens?
- A Ilustração
Qual o papel da ilustração na obra literária para as crianças: enfeitar o livro? Trazer outra leitura da história, em imagens? Como se ilustra a partir de um texto pronto?
Roger Mello (ilustrador)
Agenda Estação das Letras 13/08 - A Publicação: a preparação e a produção do livro - das 13h às 15h
O processo de preparação de um original: a escolha do texto, a revisão, a escolha do ilustrador, do projeto gráfico. Como o livro é feito? Como um texto pode se inserir na linha editorial de uma editora? A edição de literatura infantil e juvenil no Brasil (de autores nacionais e traduzidos).
Otacília Freitas (editora de literatura infantil e juvenil, atualmente na editora Planeta)
Agenda Estação das Letras 20/08 - A Publicação: a preparação e a produção do livro - das 10h às 12h
O processo de preparação de um original: a escolha do texto, a revisão, a escolha do ilustrador, do projeto gráfico. Como o livro é feito? Como um texto pode se inserir na linha editorial de uma editora? A edição de literatura infantil e juvenil no Brasil (de autores nacionais e traduzidos).
- O Projeto Gráfico
Como se estabelece o casamento entre texto e ilustração? Como se pensa a forma e o acabamento de um livro? O livro como ele se apresenta ao público.
Ana Sofia Mariz e Christiane Mello (designers)
Agenda Estação das Letras 20/08 - A Divulgação: a propaganda do livro – das 13h às 15h
Como um livro chega às feiras de livros? E aos programas de governo? O que os autores fazem para serem conhecidos? Como funcionam os prêmios literários? E a divulgação do livro na imprensa? Há espaço para o livro infantil nos meios de comunicação de massa? Como a escola trabalha o livro com as crianças? Que projetos têm sido desenvolvidos com a literatura infantil? Quais as políticas públicas de promoção da leitura no nosso país? O que tem sido feito pela formação dos educadores? E para as crianças e adolescentes?
Anna Maria de Oliveira Renhack (gerente de relações institucionais, editora Record)
Agenda Estação das Letras 27/08 - O Agenciamento: a relação autor x editora - das 10h às 12h
Como chegar com um texto em uma editora? Que acesso um escritor novato tem para publicar sua obra? Como traduzir uma obra para outros países? Há espaço para autores novos no mercado dos livros infantis? Os caminhos que um texto leva das mãos de quem escreve à editora e ao mercado.
Lucia Riff (agente literária)
Agenda Estação das Letras 27/08 - O Mercado: da editora às mãos do leitor – das 13h às 15h
Quando o livro está pronto toma um caminho por instituições públicas e privadas. Como o livro chega até ao professor? E às livrarias? Quem são os profissionais que trabalham nesse percurso do livro? Como a internet contribui para a promoção da leitura? Como os e-books se colocam no mercado de literatura infantil e juvenil? Como o livro chega aos distribuidores e livreiros? Da livraria à feira de livro escolar. Loja x compras pela internet. O que mudou em relação ao comércio de livros? Qual a importância de um lançamento de um livro? Que tipo de trabalho a livraria desenvolve com o autor, a editora?
Luciana Figueiredo (editora de literatura infantil)

De 06 a 27/08 sábados das 10h às 15h

Carga Horária – 16hs/aula

Valores

R$ 560,00
Estação das Letras - Rua Marquês de Abrantes, 177 - Loja 107 e 108 :: Flamengo
Rio de Janeiro - RJ :: CEP: 22230-060 :: Telefone: (21) 3237-3947
Webdesign e desenvolvimento: PsyOp

domingo, 10 de julho de 2011

SOBRE A VIDA E A PALAVRA


Sobre a vida e a palavra

                                                                        Ninfa Parreiras


Por que fazemos laços?
Por que escutamos?
Por que escrevemos?
Por que lemos?
Por que brincamos?
Por que sonhamos?

De pedra e pó é a vida
De dor e mar
De porteira e estrela
De mato e neve

Por que repetimos o olhar?
Por que fotografamos o infinito?
Por que escrevemos o vazio?
Por que lemos o inacabado?
Por que desenhamos o indizível?
Por que copiamos o sem fim?

É de ferro a palavra
Dura e range
Enferruja
Uma coruja

Guarda as dores
Registra os aros
Desafoga os cheiros
Mergulha os sentimentos

A palavra acorda
Assopra
Balança
Blinda



                      Rio de Janeiro, 5 de julho de 2011.

 foto: arquivo pessoal, fundação iberê camargo, porto alegre, verão 2011

(pra Carol Estrella, Celso de Lanteuil, Jurandi Siqueira, Rachel Facó, Pepita Sekito, Tainise Oliveira, Rosangela dos Anjos: eles escutaram, reescutaram, escreveram, cortaram... )

quinta-feira, 23 de junho de 2011

L'amore: una volta


                                           L'amore: una volta
                                                                  
                                                                               Ninfa Parreiras

Come fonte di acqua
Come un cambio di stagione
Una volta caldo, una volta freddo

Come un vulcano in eruzione
Come le fasi della luna
Una volta piena, una volta trasparente

Come un fuoco scoppiettante
Come un albero da frutta
Una volta con i fiori, una volta con le gemme

Come la natura
Come una montagna alta verso il cielo
Una volta dipinta di bianco, una volta dipinta di verde

Nasce l’amore
Come parte della natura:

“L'amore che muove il sole e l'altre stelle”
(Dante Alighieri)


Foto: arquivo pessoal, Rio de Janeiro, de Santa Teresa, 2010

quinta-feira, 9 de junho de 2011

sábado, 4 de junho de 2011

COM FIO


DE MUDANÇA


De mudança

                                           ninfa parreiras

Vai dia
Vem noite
Mudança

De dia
De casa
De página
De dor
De amor
De flor
De amargor
De país
De vez
Em quando

Vai dia
Vem noite
Mudança

De leste
De lado
De barco
De mala
De mola
De móvel
De sola
De baixo
De cá
Para sempre?

Vai dia
Vem noite
Mudança

A vida seria arrumar a mudança?


Para Susana Ruth Vasques, entre Alemanha e Portugal, venha para o Brasil!

Foto: arquivo pessoal, flores do Algarve, primavera 2010

MUITAS VIDAS


MUITAS VIDAS

                                                                         ninfa parreiras

De vozes
De dores
Amores

Somos insumos
Muitas faces
Enlaces

Entre perdas
Entre faltas
Lacunas

De ceifas
De seivas
Eiras

A descoberta
Das cores
Plurais

A brisa
Levanta a página
Dádiva

Rói o caminho
Abre clarões
Rincões

Vida que escoa
Derrete de amor
Suor

Congela de dor
Amanhece em clamor
Chama

Mais uma vida
Outro nascimento
Alimento

Novo sentido
A caminhar
Ao luar

Para a Bárbara Andersen, novas palavras, novos sentidos

Foto: arquivo pessoal, Rio de Janeiro, outono, 2007